Menu

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Baden-Baden

Na manhã de quarta-feira madrugamos e fomos bem cedo para a estação central de trem de Frankfurt. Lá pegamos um trem às 07:14 da manhã com destino final Baden-Baden, uma pequena e famosa cidade na região da Floresta Negra da Alemanha.

Acordamos e as ruas estavam assim
Baden-Baden fica a 175 km de Frankfurt. De Basel, na Suíça, são 164km. Já de Strasbourg, na França, são só 61km. Ou seja, não importa em qual destes países você esteja, um passeio até lá não é difícil. 

Optamos por viajar em trens mais lentos e consequentemente mais baratos. Às 09:30 já estávamos na estação de Baden-Baden, depois de uma troca de trem no meio do caminho na cidade de Karlsruhe. Tudo muito tranquilo, sinalizado e informado. E pontualidade britânica nos horários. Ou devemos dizer alemã?

E achamos Baden-Baden assim
Na estação, pagamos 2 euros para deixar parte de nossa bagagem no locker. Preços: 2 euros por 24 horas (o armário pequeno); 4 euros por 24 horas (o armário grande, que cabe uma mala). Deixamos para trás a mochila, com netbook, kindles, pijamas e produtos de toalete. Levamos a outra bolsa de mão com... roupas de banho! Isso porque a temperatura local era - 2 graus, tá?

Como a estação é longe do centro, pegamos um ônibus em Baden-Baden. O preço é salgadinho: 2,30 euros por pessoa. Compra-se o bilhete em uma máquina no ponto de ônibus mesmo, que é na frente da estação ferroviária. O nome da passagem é "Einzelfahrt (jornada individual) Baden-Baden". O passe diário aqui custa 5,30. Lógico que só depois de gastarmos isso é que ficamos sabendo que exite o city ticket para turista que custa 1,10. Culpa da falta de centro de informações turística na estação. 

Logo chegamos no centro. A cidade estava linda. Com muita neve no chão e ainda caindo uns floquinhos. Caminhamos maravilhados, tirando fotos, até chegarmos ao centro de informações turísticas ("I"). Ele fica no Trinkhalle, um prédio grande, construído nos 1.800, com uma bonita colunata e painéis pintados. 

Lá dentro, você pode beber de uma fonte termal que, diz a lenda, é altamente saudável e prolongadora da vida. Achamos horrível: quente e salgada. Lá aproveitamos para nos aquecer, pegar um mapa gratuito da cidade e encher nossa garrafa d'água, na vã esperança de que, esfriando, o gosto melhorasse. 

Ao sair do I, o sol apareceu e a cidade ficou ainda mais linda. Tudo nevado e com o céu azul e sol. Caminhamos à beira do rio nos divertindo com a neve, as paisagens e com os cachorrinhos que estavam a passear com seus donos. Parecíamos crianças de tão felizes. Até balançar árvore para tomar um chuva de neve fizemos. E o povo Baden-Banden é tão simpático que dão bom dia na rua ao cruzar com a gente. 

O sol saiu...
Andamos bastante, vimos uma igreja russa por fora e meio-dia resolvemos almoçar no McDonalds: duas promoções grandes do McChicken. Preço por aqui: 6,30 a promoção com refrigerante e batata grande. Comemos até não poder mais, nos esquentamos e saímos novamente para caminhar, agora com destino à Caracalla, uma das termas da cidade. 

Em alguns lugares a neve derreteu
Eu achava que ia ser legal, nadar em piscinas quentes com o tempo frio. Lud tinha suas dúvidas. E ainda tinha a parte das saunas onde só pode ir sem roupa. No final, foi muito melhor que a gente imaginava. A ideia era ficar 2 horas. Ficamos 3 e meia. E até nas saunas pelados fomos. Foi tão bom que merece um post só para ela.

Entrada das termas
Depois das termas demos mais um passeio pelas ruas de pedestre da cidade. Que dia incrível. Pegamos um ônibus para a estação de trem e lá esperamos por 30 minutos nosso trem para Heidelberg. Foi bom que comemos a outra metade dos sanduíches que trouxemos. A primeira leva comemos no trem de ida. Custos dos sanduíches feitos com pão, presunto e queijo comprados no supermercado? 4 euros para 12 sanduíches. Só assim para economizar por estas bandas. 

3 comentários:

  1. paseio deslumbrante e ainda mais com a neve caindo para nos de terras tropicais parece sonho !

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que delícia de post!
    Daqueles que vc começa lendo sem muita pretensão e acaba que no fim, está dando aquela risada sincera pro pc.

    Que bom que o início do sabático está sendo assim tão divertido!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Lud e Leo, entramos em sintonia somente hoje (24/01). Estamos amando acompanhá-los. Já estivemos nesse "I" aí de Baden Baden pedindo informação sobre a Floresta Negra. Nos deram um palavrão que deveria ter umas 30 consoantes e somente 3 ou 4 vogais. Tivemos que pedir para que escrevessem no mapa que nos deram.
    Bjs,
    Tios Maurilio e Aurea

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...