Menu

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Resumão: o que fazer se você precisar de óculos ou lentes de contato novos na França

Se, como o Leo, você tiver problemas com seus equipamentos óticos, não tema. Na França esse é um problema fácil de resolver. Você só precisa de tempo (alguns dias) e dinheiro (não muito).

Tem ótica para tudo quanto é lado, e elas não pedem prescrição médica para vender óculos ou lentes de contato.  Você só tem de saber o seu grau. Óculos unifocais (que é o caso do Leo, que tem miopia) ficam prontos mais rápido do que bifocais. Mesmo assim, nenhuma ótica garantia entregar os óculos no dia seguinte. Então, só conseguimos comprar óculos novos em Lyon, onde passamos três noites - e mesmo assim alterando a passagem de trem para mais tarde. Fizemos a encomenda na terça-feira, ao meio-dia, na abençoada Optic 2000, e conseguimos pegar na loja na quinta, meio-dia também.

Óculos novos, ueba! E minha mãe os deu de presente de aniversário para o Leo.
Mas o Leo não ficou ceguinho até quinta-feira, não. Assim que conseguimos encontrar uma ótica aberta, isto é, às 14 horas de segunda-feira (isso em Avignon; acho que em cidades maiores elas abrem segunda-feira de manhã cedo mesmo), compramos lentes de contato descartáveis.

Eu já tinha pesquisado na internet e descoberto que lentes diárias não eram muito caras. Na ótica Alain Afflelou, compramos 2 caixas (uma para cada olho, claro) por 30 euros. Cada caixa tem 30 lentes.



Lentes de contato descartáveis
A grande vantagem da lente descartável diária é que quem usa não precisa de caixinha para guardar nem produtos de limpeza, porque é usar e jogar fora. O Leo não precisou nem de soro fisiológico para botar no olho. E mesmo não usando lente de contato há um bocado de tempo, ele as achou muito confortáveis.













O aspecto financeiro: a Grand Optical tem lentes prontas na própria loja, o que quer dizer que eles conseguem entregar óculos no mesmo dia. Maaaas o preço é proporcional à conveniência: ia ficar em 320 euros. Recusamos, porque já tínhamos conseguido um orçamento muito mais bonito na Optic 2000: 59 euros.

Nessa hora, falar um pouco de francês, mesmo macarrônico, é uma mão na roda. De maneira geral, o pessoal do interior da França é mais paciente do que os parisienses, então deu tudo certo. Antes de começar a ronda das óticas eu dei uma garibada no vocabulario ótico usando a internet. Para quem interessar possa: óculos é lunettes, lentes de contato descartáveis é lentilles de contact éphémères, lentes de óculos é verres, armação é monture. E menos caro (importantíssimo): moins cher.

4 comentários:

  1. Que epopéia!

    Meu problema é piorzinho que o do Leo: eu tenho astigmatismo, não miopia. E em canto NENHUM tem lentes pra astigmatismo prontas.

    Eu tenho cópia das minhas receitas médicas (remédios, óculos, etc) no meu email, escaneadas. Assim, em qualquer lugar do mundo eu tenho acesso. E sempre que viajo, levo dois pares de lentes de contato extras (e as minhas não são descartáveis!). Comecei a levar as extras depois de uma viagem na qual uma das minhas lentes foi sequestrada por gnomos (única explicação possível!) e eu fiquei cega de um olho por 3 semanas, até conseguir um óculos pra astigmatismo :(

    ResponderExcluir
  2. Carol, o legal foi completar cinco meses de viagem levando a receitace lentes na mala. Aí para o tour frances resolvemos deixar para tras. Lei de murph mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Oi gente,
    Primeira vez que posto por aqui...
    Também sou miope e sempre viajo meio estressada com esse assunto. Estou indo para Paris agora e toei nota dos nomes. Não sei se vcs chegaram a perguntar, mas fiquei com uma dúvida. As lentes descartáveis no Brasil com descarte diário permite que se amplie o tempo de vida delas se fizermos aquela limpeza no estojinho de lentes. E as francesas? É possível aumentarmos o tempo de vida das lentes mediante limpeza? Fiquei interessada pq achei o preço muito bom...
    Paula.
    P.S: Não consegui comentar somente com e-mail

    ResponderExcluir
  4. Oi, Anon! Então, eu não sei. Dei uma olhadinha em uns sites franceses e os fabricantes dizem que tem de jogar fora todo dia. Eu não arriscaria sem consultar uma olftamologista (já tive um machucadinho no olho devido ao uso incorreto de lentes de contato - eu dormia direto com elas - e não gostei nadinha).

    Se te ajuda, a composição das lentes do Leo é 31% nelficon A, e o fabricante é a Ciba Vision (americana). A Afflelou só vende.

    Beijos e boa sorte!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...