Menu

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Nosso passeio pelas ilhas gregas

Aproveitamos nosso tempo em Atenas para fazer um passeio de dia inteiro por três ilhas gregas: um mini-cruzeiro em Hydra, Poros e Aegina.

Desta vez compramos o passeio em vez de ir por conta própria. Depois de pesquisar a concorrência, fechamos com a Adriano's Travel, localizada bem no centrinho de Atenas, na praça do metrô Monastiraki (rua Pandrossou). O preço foi excelente: 79 euros por pessoa. O atendimento, um dos piores que tivemos no ano. Deve ser porque era domingo e convenhamos, trabalhar domingo em Atenas é castigo.

Optamos pelo passeio pronto porque só a balsa para ir e voltar de Hydra custa 50 euros. No cruzeiro, tivemos o transfer de ida e volta do centro da cidade para o porto, transporte às três ilhas, show de música e dança grega e um almoço bem farto e muito gostoso. O barco era confortável e a tripulação, super atenciosa.

7:40 em ponto fomos pegos em um hotel do centro. É, não rolava transfer da nossa casinha. Mas tudo bem. A gente tinha o passe semanal de transporte e ir para o hotel onde fomos pego era facílimo.

Por sorte, depois da gente só mais um casal foi pego. Rapidamente o ônibus chegou no porto, antes do trânsito ficar totalmente caótico.

O ônibus do transfer. 



O barco era bem bacana. Vários andares, confortável e pontual, e tripulação, como eu já disse, simpática e bem profissional.

Todos a bordo! Não estava cheio. Devia ter no máximo uns 30 passageiros. 
Sol nascendo, lua no céu, promissor início de passeio.

Saindo da marina de Atenas.
Serviram café da manhã, que não estava incluso no pacote, a um custo de 10 euros por pessoa. Como eu já estava com fome e a previsão de almoço era só 12:30, não resisti e embarquei também. Estava divina. Muitas opções disponíveis, inclusive várias especialidades gregas que eu estava com vontade de experimentar.

A área do café da manhã que comi só para poder contar como foi.

Depois do café, subimos para o último andar. Como o sol ainda não estava destruidor, era o local mais gostoso do barco. Tinha várias almofadonas e pufes para deitar e curtir a vista, o vento e o sol. E foi o que fizemos.



A área mais gostosa ao ar livre do barco. E não, não estava tão frio. A Lud é que é friorenta mesmo. 


Um belo sol nascendo.

O maior iate do mundo, que ficará três meses em manutenção em Atenas.
A primeira parada do barco foi quase 2 horas e meia depois da partida, na ilha de Hydra. Foi a que mais gostei. Se tivesse que fazer por conta própria, faria apenas ela. Não tem quase nada para fazer na ilha, mas a vista, a água azul incrivelmente transparente e a total ausência de carros, motos e até mesmo bicicletas (tudo proibido) foi uma delícia. Fora os gatinhos de rua, inclusive um que nos seguiu igual um cachorrinho. Que gatos carinhosos existem na Grécia e na Turquia!

Ficamos uma hora na ilha. Deu e sobrou para explorar as ruas, subir as ladeiras e tirar ótimas fotos.

Chegando em Hydra, a ilha mais legal. Proibido de carro a bicicletas. 

Mais uma visão do porto.

Super fotogênico.

Se aqui já coloco muitas fotos, imaginem quantas eu tirei.

Muitas é a resposta correta.

Talvez demais seja a resposta certa.

E a cor da água? Dá para ver o fundo sem esforço.

Cansaram das fotos?

Eu não. 

Pelo menos agora com a Lud a foto fica um pouco diferente.

E adivinha o que tinha aos montes na ilha? Eles, os gatinhos. Todos fofos e muito bem cuidados

Já devia estar uns 20 graus. 

Aqui, ou você anda a pé ou de burrinho.

O porto é a única área plana da pequena cidade.

Cheio dos barcos dos moradores.

E as ruas são todas muito agradáveis para passear.

Você vai subindo a montanha e passando entre as casas.

Esse gatinho não tinha paciência para esperar o carinho, não. Ele pulava na mão 
da gente, subiu o morro junto e ainda pulou no meu colo para ganhar uns agrados.

Morro de três lados, mar do outro.

E a cor dessa água?

Combina demais com essa cor de céu.

As paredes eram branquinhas. Só faltaram os famosos telhados azuis para ficar mais grego ainda.

Mais da água super transparente.
De volta ao barco, foi servido o almoço. Mais uma vez ótima variedade, quantidade e qualidade. Acho que o pacote foi uma barganha. Comemos bastante e depois ficamos na parte de dentro do barco mesmo para escapar do sol que já estava bem quente. No meio do outono na Grécia ainda tem muito sol e muito calor.

Nosso almoço, delicioso. As batatas no azeite eram de outro mundo.

E foi ótimo comer arroz depois de tanto tempo. 

Pessoal se servindo. Não faltou comida. E acho que todo mundo repetiu. Alguns várias vezes.
O valor do passeio não não inclui bebidas. Elas são à parte, mas não é nada extorsivo. Para terem ideia, uma garrafa de água mineral de 500 ml custava 50 centavos de euro. Os drinques variavam de 5 a 7 euros. Cerveja e refrigerante, 2 euros. 

Mais uma hora de barco e chegamos a Poros. Essa é a ilha em que o barco fica menos tempo. Basicamente é para você subir o morrinho até o alto onde fica uma torre de relógio e tirar fotos.

A chegada à ilha e a vista do morrinho vale o passeio. A cidade já é bem mais cidade em comparação com Hydra. Maior, muito mais gente, turistas e carros. A ilha mesmo é muito maior.

Depois do almoço, chegamos a Poros.

Menos morros, maior e com carros.

A principal atração é ir a torre lá no alto do morro. Estão vendo?

Visitando a cabine do barco.

E um dos andares do barco.

Vista do meio do morro.

E do alto dele.

Não tão fotogênica como Hydra, mas tá valendo.

O barco era esse daí. Olympic Cruises.

Deixando Poros para trás.

Vista traseira do barco.
De volta ao barco, fomos para a última ilha do dia, Aegina. Nesta, também grande e bem plana, aproveitamos o tempo maior, quase duas horas, e o calor para nadar. Sim, não poderíamos deixar de nadar no mar grego em nossa primeira passada pelo país.

Porto de Aegina.

Bem agradável. 

Procurado onde nadar.

Água para lá de rasa.

Só não tinha praia de areia. 

Pelo menos para mim, isso não é areia, não. 
O ângulo do sol não ajudou as fotos. Mas sim, é a Lud dentro da água. 

E boiando e dando tchau sou eu. A água ali não devia bater no joelho.

Depois do banho no mar, passeio de novo pelo cais da cidade.

Belas frutas. Mas a cidade é famosa pelo seus pistaches.

Uma igreja ortodoxa.

A avenida a beira do mar.

Eu adoro estes tetos pintados. Legal foi ver a origem disso nas igrejas das cavernas da Capadócia, na Turquia.

Bem bonitas as igrejas.

Bem grego, né?
De volta ao barco, curtimos o resto do passeio relaxando, escutando mais um pouco da música grega e um showzinho de dança típica bem razoável. E não, ninguém quebrou um prato. Já um "Opa!" o cantor gritava quase em todas as músicas.

Opa! 
Ainda fomos premiados com um bonito por do sol e chegada em Atenas já ao anoitecer. De volta ao ônibus, fomos deixados novamente no centro. Mais uma vez, fomos dos primeiros.

E o sol se ponto depois de um dia excelente. Grécia tem um lugar especial no meu coraçãozinho. 
Resumo da ópera: adorei o passeio e seu custo benefício. Fechou nosso passeio por Atenas numa nota alta. Realmente gostei muito do país e se der pretendo voltar. Bons preços, bom clima, boa comida e muita coisa legal para ver, fora a beleza natural da região e do mar.

10 comentários:

  1. Morri três vezes! Oh meu coração <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tina, voos da Aegean Airlines de CDG para Atenas são baratos e foi um dos melhores voos do ano. Meu joelho não ficou espremido durante a viagem. Tinha espaço até para minhas pernas! E Atenas é muito barata. Ainda mais comparando com Paris. Vale a pena demais.
      Ah, e estamos em Strasbourg. Querem vir passear por aqui não?

      Excluir
  2. Eu e a Lili fizemos esse mesmo passeio, mas na ordem inversa. Hehe... Adoramos! E a gente nadou em Hydra também, pulando de um deck de pedra que dava direto no alto mar. Coisa linda.

    ResponderExcluir
  3. Estou suspirando ate agora ,que ceu,que mar ,tudo um espetaculo !!!!!!!!parabens pelo passeio .

    ResponderExcluir
  4. Tudo lindo Leo. Incluindo o arroz.
    Não acho que a Lud é friorenta não :)

    ResponderExcluir
  5. Também passeamos por estas ilhas, lindas demais todas, no ano passado. O passeio foi espetacular em tudo. O barco era outro, mas parecido. Tiramos várias fotos....pretendo voltar, minha filha quer morar em Atenas, depois que formar em Arquitetura... não sei se será possível....

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde, muito bom o blog, fiquei com dúvida quanto essa informação no passeio "* Suplemento de ferry velocidade + 95,00 EURO na classe econômica por pessoa", voce sabe o que quer dizer, outra dúvida se os barcos são muitos rápidos do tipo que provocam enjoos. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AF, não sei onde você achou essa informação do ferry velocidade. Mas o passeio que fizemos foi esse: http://www.ticketgreece.gr/default.aspx?tab=page&CatID=4&ContentID=10#.WFGqU_krLIU

      Sobre enjoo, a Lud é super suscetível a enjoos. E ela não sentiu nada. O mar é muito calma e parado. Pelo menos estava assim. O barco praticamente não balança.

      Excluir
    2. Muito obrigado pelas informações,o blog de vocês me ajudou muito!

      Excluir
  7. Meu Deus! Estou toda arrepiada com essa beleza... Irei para Grécia e passarei 3 dias em Atenas e este passeio conquistou meu coração. Com certeza irei fazê-lo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...