Menu

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Norway in a Nutshell: fazendo por conta própria

A Noruega é cara até para o Eike Batista antes da crise. Isso faz com que muitas pessoas optem por fazer uns passeios rápidos pelo que o país oferece de melhor. Talvez o mais famoso seja o Norway in a Nutshell (em bom português: Noruega em uma Casca de Noz. Ou seja, é uma provinha do país).

A típica rota da Noruega
São pacotes de uma empresa que você customiza do jeito que quiser. Normalmente eles saem de e/ou chegam em Oslo e Bergen. Você vai adicionando trem, trem cênico, passeio nos fiordes, hoteis, o que precisar. 

domingo, 25 de agosto de 2013

Como ir para Auschwitz por conta própria

Entrada de Auschwitz.
Antes de mais nada, algumas informações úteis. Primeiro, Auschwitz não é uma atração turística. É um memorial em homenagem aos milhões que lá sofreram.

Segundo: de abril a outubro, as visitas entre 10:00 e 15:00 só podem ser feitas com guia. A  visita guiada custa 40 zylots por pessoa. Fora isso, a entrada no memorial é de graça e eles trabalham com doações. Ou seja, não se paga nada para visitar o memorial em outras épocas do ano ou se sua visita começar antes de 10:00 ou depois das 15:00.

Há vários tipos de visitas disponíveis, mais aprofundadas, com guias. Quem tiver interesse pode verificar os detalhes no site deles. 

Bom, igual a mina de sal, o que não falta em Cracóvia é empresa oferecendo passeio para Auschwitz. Os preços ficam em volta de 100 zylots. 

Normalmente, os tours envolvem o transporte de ida e volta e o valor da admissão para as visitas guiadas em Auschwitz. As visitas guiadas são apenas para o o campo I e duram mais ou menos 90 minutos,  No campo II, o passeio é feito sem guia. Você faz por conta própria, no seu ritmo. 

Resolvemos fazer por conta própria porque não queríamos o passeio guiado obrigatório e porque, no final, a diferença ficou em 80 zylots por pessoa. Nós dois juntos, 160 zylots - mais de 60 reais de diferença. Quer saber como fazer? É só comprar nosso livro sobre o norte da Europa. A dica está lá, bem como os mapas para fazer tudo direitinho e não se perder. Ah, e o livro não custa nem 10 reais!

O livro 1 tem 50 páginas e relata nossa passagem pela Malásia, Cingapura, Tailândia, Vietnã e Camboja. São mais de 80 fotos, toda a logística de transporte e hospedagem, os custos diários, mais de 40 dicas e link para um mapa na internet com todos os locais pelos que passamos corretamente indicados, com mais detalhes e informações. 

O livro 2 tem 112 páginas e conta a viagem pela China, Macau, Hong Kong, Coreia do Sul e Japão. São mais de 200 fotos, toda a logística de transporte e hospedagem, informações de como ir por conta própria até a muralha da China, ao museu com os guerreiros de terracota, à pequena Zhujiajiao (a Veneza da China), uma dica importante para economizar com o trem bala no Japão (que não é o passe da JR), os custos diários e mais de 50 dicas. O livro também traz acesso aos mapas na internet com mais informações e todos os locais que visitamos, e mais alguns que achamos que demos bobeira em perder, corretamente marcados e indicados. 

O livro 3 tem 167 páginas e narra a aventura de 2 semanas em Copenhague e a nossa volta de 8 dias pela fantástica Islândia. São mais de 300 fotos e 50 dicas. Como os demais livros, traz todo os custos da viagem, a logística de transporte e estadias e os tradicionais mapas. E olha que achar no mapa o local certo de algumas das atrações na Islândia não é fácil, não. Com nosso mapa, você não vai ter esse problema. 

O livro 4 tem 232 páginas e é sobre o mês que passamos no verão europeu de 2013 viajando por Polônia, Suécia, Estônia, Finlândia, Noruega, Lituânia e Estônia. De quebra colocamos o relato de nosso retorno à Finlândia no final de 2013 em busca da famosa aurora boreal. Não ficou cronologicamente correto, mas geograficamente está perfeito. São mais de 400 fotos e 20 dicas (menos dicas do que o de costume porque são países mais fáceis de explorar).

O mais bacana são as explicações de como ir por conta própria da cidade de Cracóvia para o campo de concentração de Auschwitz e para a mina de sal de Wieliczka, assim como fazer o passeio conhecido como Norway in a Nutshell, comprando tudo sozinhos em vez de usar um pacote. A economia paga o preço do livro um monte de vezes! 

Além disso, a logística de transportes e estadias, os custos diários e totais e dicas para fotografar a aurora boreal. É que a danada não é fácil, não. Também disponibilizamos links para os mapas dos destinos, com as atrações, estadias, meios de transporte e mais assinalados corretamente e com mais informações. 

Os livros cresceram mas o preço continuam o mesmo: 9,90 por cada um.

Clique na figura para comprar o livro desejado.

Livro 1
Livro 2

















Livro 3
Livro 4