Menu

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Nancy, descobrindo o que fazer

Mal chegamos em nosso apartamento e a dona dele já foi avisando: vale a pena passar no centro de turismo para pedir informações. É que tem muito evento nessa época.

E lá fomos nós, cansados pelas 30 horas de viagem da Islândia até aqui, curtir o calor de 20 graus do fim de verão francês. Não estou sendo irônico, não! Realmente achamos um calorão danado.

O centro de turismo fica no prédio da prefeitura, na bela praça Stanislas. É bem grande e o melhor, muito bem provido de informações e de funcionários simpáticos. Seco é o parisiense, gente! Nossas experiências com o pessoal do interior da França foram ótimas.
A linda porta na praça Stanilas que leva ao parque.
Acredito que o fato da Lud falar em francês (mambembe, como ela faz questão de frisar) com o povo ajude um pouco, mas estamos sentindo que aqui é todo mundo mais prestativo e simpático que a média francesa, que já achamos alta. Comparada com Paris então, nem se fala.

Saímos felizes da vida do centro de informações Vários panfletos, detalhes de eventos, mapa turístico da cidade, circuito de prédios Art Nouveau e a informação que a cidade tem um passe de museu que custa 10 euros e te deixa visitar 6 lugares diferentes em um período de 10 dias.

É, acho que Nancy vai ser um local perfeito para recarregar as baterias.

36° festival do livro. 36°!!!
Eventos para todos os gostos
E horários.
E estilos. 
Tem muitos arcos na cidade.
A antiga entrada da cidade medieval.
Mais um arco.

A fantástica praça.
O mercado central.
Lindos prédios.

O teto Art Nouveau do banco de crédito de Lyon (Crédit Lyonnaise).
Observem que as inicias são as mesmas que as do Leo! 
Casas simpáticas.
Tudo bem francês.
E como tudo bem francês, bem cuidado e caprichado.

2 comentários:

  1. Gostaria de saber qual câmera vocês usam para fotografar as viagens. Sou um grande admirador do Blog e há algum tempo já venho acompanhando. Não posso morrer sem realizar o mesmo feito. Boa sorte nos próximos destinos. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, a câmera é uma Samsung NX1000. Um bom diferencial que estou gostando este ano foi a compra de um lente polarizante que ajuda demais nas cores e céu.
      Obrigado por nos acompanhar. Que você consiga o mais cedo possível partir em uma aventura como esta. Recomendo demais.
      Abraços,

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...