Menu

sábado, 29 de novembro de 2014

Missa do peregrino em Santiago de Compostela

Uma das coisas mais legais que fizemos na cidade, além de rodar para cima e para baixo, foi assistir à missa de meio-dia na catedral da cidade, a chamada missa do peregrino.

Para começo de conversa, a igreja fica iluminada. E faz uma diferença enorme em relação às duas outras visitas que a gente tinha feito. Segundo que a freira que começou a missa cantou lindamente. A acústica da catedral é legal. Tá certo que tem alto-falante para tudo que é lado, mas o som do órgão ficou bem bonito.

Altar apagado.


Não tinha muita gente. Afinal, era um dia chuvoso de novembro, meio de semana. Mas tinha vários peregrinos que haviam completado o percurso de Santiago e estavam ali para a missa. E antes do padre começar a celebração, ele cita de onde vieram os peregrinos do dia e de onde eles partiram.

Tinha gente que vinha desde o início do caminho francês, muita gente de León, outros de Burgos, outros até mesmo de Barcelona. E gente dos EUA, Holanda, Noruega, República Tcheca e até Japão!

A missa foi toda em espanhol. E facílima de acompanhar. Lógico que a excelente pronúncia dos celebrantes ajudou.

Agora, tinha peregrino que de religioso não tinha nada, só estava fazendo o caminho pela aventura. Tanto que, na hora da comunhão, nem tinha ideia do que fazer com a hóstia.

Tinha gente que saía com ela não mão. Aí vinha um padre e vazia gesto de colocar na boca. E lógico que a pessoa saia rindo e mastigando com vontade.

Ok, não somos nem um pouco religiosos. Tanto que quando a missa terminou lembramos que foi a primeira que assistimos em todo o sabático. Mas pelo menos não saí de lá de boca cheia mastigando hóstia.

O melhor da missa foi o som do órgão. 
No dia em que visitamos estava bem escuro.
Já no dia da missa...
.. acenderam as luzes. 
O que ajudou bastante a gente a enxergar o altar.
Que é muito louco. Debaixo fica o sepulcro do São Tiago. 

4 comentários:

  1. Eu também não sou religiosa, mas tenho na memória duas missas muito lindas: na chegada dos peregrinos na Peregrinação de Chartres durante o feriado de Pentecostes, que eu nem sabia que existia, chegamos lá totalmente por acaso. E de repente estávamos no meio daquela catedral maravilhosa cheia de gente cantando em latim, uma coisa de arrepiar.
    Outra vez fomos assistir a missa em latim na Notre-Dame em Paris, no domingo pela manhã. Também lindíssima, vale a pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, deve ser sensacional uma missa na catedral de Chartres. E adoramos a dica da missa em latim na Notre-Dame. Vamos voltar em Paris no final do ano e tentaremos assistir.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...