Menu

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Bilbao, uma delícia de cidade

Estamos escrevendo este post depois de 3 dias em Bilbao. Ainda teremos mais. E olha que, mesmo com o tempo horrível com muitas chuvas - só tivemos sol na tarde em que chegamos -, já deu para adorar a cidade.

Diferente de tudo que já vimos pela Espanha, e diferente da maioria das cidades pelas quais passamos pela Europa.





É que a cidade é bem esticada, localizada na beira de um rio. Aí você pensa:"legal, cidade plana". Nada! Mesmo ficando nas duas margens do rio, ela é cheia de morros. E não são poucos, não. Diria que ela fica em um vale com montanhas de todos os lados.

É uma cidade rica, com prédios e praças novos e com prédios e ruas antigas. O centro antigo, o casco viejo, onde ficamos hospedados, é uma delícia. Apesar do nome, não é a parte mais velha da cidade - mas é a mais velha que sobrou. Um conjunto de ruelas estreitas, bem pequeno e para lá de simpático. Fica entre a margem direita do rio e morros, muitos morros.

Já a parte mais nova e chique da cidade fica do outro lado do rio. Tem uma avenida que leva da ponte que atravessa o rio até o lado do estádio do Atlético de Bilbao. Tudo de chique fica nesta avenida. Lojas e prédios imponentes.

Passear pelas margens dos rios é uma delícia. Para ser perfeito só faltava o rio ter uma bela cor. Não tem. É bem rio brasileiro, cor de barro. Não sei se é por causa das chuvas que não param de cair.

Margeando o rio se passa pela principal atração turística da cidade, o Museo Guggeiheim de Bilbao. Essa obra prima da arquitetura merece um post só para ele. E a renovação feita na cidade após o declínio das empresas de aço deixou a cidade muito agradável. Além do museu, o caminho pelas margens nesta área central da cidade passa por parques e belos calçadões de pedestre.

Outra atração é pegar um funicular e ver a cidade do alto do morro. E põe alto nisso. E como já falamos, grudado na cidade. E é interessante como tem vários elevador e escadas rolantes públicas. Tudo para facilitar a vida do morador. Sério, o próprio museu que fica do lado do rio tem sua entrada por um lado que é bem mais alto.

Pena, realmente, é o tempo, que não ajuda mesmo. Queríamos conhecer outras cidades perto de Bilbao, mas pelo visto não vai dar. A chuva promete não dar tréguas. Pelo menos Bilbao ficará marcada como a primeira cidade enfeitada e iluminada para o natal que vimos na Espanha. As outras já estavam enfeitadas, mas nada de luzes acessas.























2 comentários:

  1. Que civilizado esse povo todo andando chique pelas ruas peatonais! Eu quero morar numa cidade assim qdo crescer ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma coisa que reparamos aqui na Espanha é como as mulheres mais velhas usam casaco de pele. Mas muitas mesmo.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...