Menu

sábado, 6 de dezembro de 2014

Transporte pela Espanha: trens e ônibus

Terminando nossa volta pela Espanha, pegamos mais 2 trens e 1 ônibus. E foi bom para chegarmos às seguintes conclusões:

1) Em pequenas distâncias, coisa de 1 hora de viagem mais ou menos, o ônibus é mais barato que o trem.

2) Para distâncias maiores, o trem é mais barato, mas somente se comprado com muita antecedência. Há uma diferença grande entre o preço da passagem comprada na hora X comprada antes.

3) Se for comprada no mesmo dia, provavelmente a passagem de ônibus será mais barata.

4) Trens são absurdamente mais confortáveis do que ônibus, mesmo os ônibus e as estradas espanholas sendo muito bons.

Região da estação Delícias de Zaragoza. Sim, é o nome do bairro e da estação. 

De Bilbao para Pamplona, fomos de ônibus, já que não existe trem direto, só com várias baldeações. Compramos a passagem com antecedência, mas só porque somos afobadinhos mesmos. Daria para comprar no dia e na hora. Custou 14,95 euros por pessoa.

A viagem foi pontual e muito boa. Ótimo ônibus e ótima estrada. O melhor foi chegar a Pamplona na estação de ônibus. Ela fica na parte alta da cidade, super perto do centro histórico. Já a estação de trem é na parte baixa da cidade e bem mais afastada, coisa de uns 2,5 km. A empresa que usamos foi esta daqui, Autobuses La Union. Teoricamente até internet no ônibus teria. Tinha mas não acessava nada.

De Pamplona para Zaragoza voltamos a usar o trem. 9,15 euros a passagem por pessoa, comprada com antecedência. Na hora, 16,90. Muita diferença, né? Trem pontual e viagem muito tranquila. Muitos lugares vazios. E trem padrão novo espanhol: rápido, limpo, com tvs, filmes, linha plana e bem reta.

Zaragoza também sofre do problema da estação de trem razoavelmente longe do centro. Tem transporte público de sobra, mas também dá para caminhar. Só é chato devido à falta de calçada lisa na região da estação. Pelo menos a cidade é super plana.

Como a gente tinha tempo para chegar ao nosso apartamento (só ia ser liberado às 13:30), fomos andando. E, como na parte inicial do trajeto as calçadas estavam cobertas de pedrinhas (estilo brita, mas menores), acabamos com as rodinhas de uma das nossas malas. Tá certo que depois de tanta quilometragem acumulada, as rodinhas não estavam exatamente novas...

De Zaragoza para Barcelona a gente pensou que iria embarcar no trem mais rápido do país, o que liga Madri à Barcelona. É que Zaragoza é exatamente a parada do meio do caminho.

Ledo engano. O nosso trem era o que faz Bilbao-Barcelona e também passa por Zaragoza. Mas nem por isso foi lento. Pelo contrário. Pontual, confortável e bem rápido, ou seja, padrão espanhol.

A passagem custou 21 euros por pessoa comprada com 42 dias de antecedência! Já na estação, na hora da viagem, 31,50 euros.

Ambas as estações são grandes e bonitas. Lógico que a de Barcelona é muito maior, muito lotada e super agitada. E com metrô integrado. Que por sinal achamos caro: 2,15 euros a passagem. Será que deixamos a Espanha para trás e entramos em outro país da Europa, a Catalunha?

Olha o preço se comprado na hora!
Toda estação na Espanha é assim, cheia de máquinas automáticas de venda de passagem.
Multi-idiomas e fáceis de usar. 
A estação de Zaragoza é enorme e vazia...
Todos os trens que pegamos tinham tv.
E ferromoço que passa distribuindo fones de ouvido. 

2 comentários:

  1. Outro mundo ,como nosso pais esta atrasado em relaçaoaos transportes ...sera que so transportes ????????????mil beijos

    ResponderExcluir
  2. Vai para Tarragona, fica a 1 hora de trem de Barcelona, a estação do trem fica na praia (!) e tem muitas ruinas romanas, salvo engano é patrimônio da Unesco. Se derem sorte vocês vão ver uma torre humana típica da Catalunha.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...