Menu

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Natal na Europa

Sevilha foi o destino do nosso natal fora do Brasil. Foi a segunda vez que passamos o natal longe de nossa pátria. 

A primeira vez mal conta. Saímos de Buenos Aires no final do dia 23 de dezembro de 2007 e pousamos em Auckland na Nova Zelândia no dia 25, quase meio dia no horário local. Devido à linha internacional de data, o dia 24 não existiu pra gente.  

Ou seja, esta foi a primeira vez que realmente passamos o natal fora. E foi ótimo. Com direito a ceia para lá de boa e em família. Comemos e bebemos muito bem. 

Agora, não teve nada a ver com a imagem de natal no hemisfério norte. Sevilha, na Espanha, tem um clima fantástico: no início de inverno as temperaturas chegavam a 20 graus na hora mais quente do dia. Tá certo que na hora mais fria os termômetros marcavam por volta de 10 graus. Mesmo assim, bem longe do que se imagina para a Europa nessa época. 

Fora o sol. Como faz sol na Andaluzia! Região perfeita para viajar mesmo no inverno europeu. Neve, só nos noticiários de tevê. 

E Sevilha é uma cidade super natalina. Muita decoração e luzes para tudo que é lado. Fora o show de luzes na prefeitura da cidade todas as noites, bem parecido com aquele que vimos em Nancy.



Um feliz natal em família!
Até que nos saímos bem na preparação da ceia. 
Que contou com sorvete (da Bolas Gelados Artesanos, claro).
No dia seguinte rolou um almoço.
Sevilha é bem iluminada para Natal. 
A multidão na praça da prefeitura para ver o show de luzes. 
Muito parecido com o que vimos em Nancy. Só que aqui ainda teve fogo! Foi muito legal. 

5 comentários:

  1. Esta é a terceira vez que tento postar esta msg. Espero conseguir! rs

    Lud e Leo, amo o blog de vocês!

    Estou me programando para, no futuro, me lançar numa viagem a longo prazo. No momento, fico apenas acompanhando a viagem de vocês e de algumas outras pessoas...

    Moro em Brasília, como vocês antes da viagem, e vi vocês comentaram que a Lud é servidora pública e está em gozo de licença para tratar de interesses particulares. Vou deixar uma informação aqui que talvez vocês já saibam, mas se não souberem acredito que ela abre uma porta para vocês decidirem o que farão ao retornar. Existe uma Nota Informativa do Planejamento (350/2010/COGES/DENOP/SRH/MP) que informa poder o servidor tirar mais de uma licença destas, inclusive seguida uma da outra, sem necessidade de retornar ao trabalho, devendo apenas protocolar o requerimento antes que o prazo da anterior se expire. Ela deverá ser autorizada novamente por todas as chefias... enfim, é aquele processo todo.

    Tenho uma amiga no exterior (casou com um estrangeiro) e está nesta situação. Poucas pessoas sabem da existência desta norma.

    Boas viagens pra vocês! Estou sempre aqui acompanhando e adorando as fotos, as postagens... enfim, tudo, mas o que mais me comove é o carinho que vcs têm um pelo outro. Isto é bem lindo de se ver.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Emmanuelle, obrigado pela informação. Realmente a gente não conhecia esta possibilidade.
    E que legal que está pensando em embarcar numa aventura destas no futuro. É muito, muito bom. Garanto que não vai se arrepender. E precisando de informações e dicas é só falar.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  3. Delicia de natal... E Sevilha é encantadora!

    ResponderExcluir
  4. Onde vocês encontraram essa delicia de cerveja "Mort Subite" que eu adorei na Bélgica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marta, achamos no Carrefour de Sevilha. Mas ela não é tão difícil de achar por aí não. Acho que eu vi no supermercado Continente em Lisboa.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...