Menu

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Ainda com birra dos preços da América Latina - ou os 10 passeios mais caros do sabático


Sim, estou emburrado. Olha só: vamos pegar de novo o preço do trem de ida e volta entre Cusco e Machu Picchu: R$ 480,00. Aí você pode falar: "Ah, mas o passeio de trem é lindo. E o trem é super bom.". Ok, concordo.

Só que a gente já fez um super passeio na Noruega, o famoso Norway in a Nutshell. Saímos de Oslo em um trem muito confortável e com janelas panorâmicas; pegamos o para lá de panorâmico trem de Myrdal para Flam - o famoso Flam Express; cruzamos os fiordes de barco; pegamos um ônibus do outro lado do fiorde; para terminar, pegamos mais um trem. Tudo isso para chegar em Bergen. Custo: 430 reais por pessoa.

Esse foi o passeio mais caro de todo o sabático. Detalhe: na Noruega, país absurdamente caro. Não no Peru, que é um país baratinho.

Belas paisagens vistas do trem. As janelas são gigantes. 



Vista do Flam Express. 

Aproveitando, fui pesquisar mais alguns passeios que fizemos no sabático para completar o top 10 dos mais caros.

Em 2° lugar: o voo de balão na Capadócia, Turquia, por 298 reais:

Passeio sensacional. 

E pelo que vimos, um dos lugares mais em conta do mundo para voar de balão. 

Em 3°: passeio de barco pelas ilhas gregas, por R$230,00:

Ilha de Hydra. 

Nosso barco. O passeio começou às 8 da manhã e acabou às 18:30. E o almoço estava incluído.

Em 4° lugar: passeio de Ljubljana ao lago Bled, com direito a conhecer a garganta de Vintgar, por 115 reais.

Um dos lugares mais belos que visitamos, o lago Bled. 

No passeio estavam incluído os ingressos para visitar a garganta e entrar no castelo de Bled. 

Em 5°: passeio de Hanói para Halong Bay no Vietnã, por 85,00 reais:

Nosso ônibus. 
Almoço incluído. 

Pena que o céu estava nublado. 
Em 6° lugar:  ingresso de dois dias para todos os templos em Siem Reap, no Camboja, por 79,00:

Amanhecer em Siem Reap.

É templo que não acaba mais. 

E dá para subir em quase todos. 
Em 7°: 76,00 reais para visitar o parque dos tigres - e brincar com eles - em Chiang Mai, Tailândia:

Tiger Kingdom!

Almoço incluso no passeio. 

Foto clássica do nosso sabático. 
Em 8°: 71,00 reais o passeio de Bath para Stonehenge

A empresa que usamos. 

Que diferença na qualidade das fotos. A câmera inicial era bem fraquinha. 

Em 9° lugar: 70,00 reais o ingresso para os parques Plitvice, na Croácia:

Fantástico. 

Outro destino imperdível. 

E, para terminar, em 10° lugar: 63,00 reais o passeio de Belfast para o Giant's Caseway.

O passeio incluiu várias atrações: uma destilaria...

... belas paisagens costeiras...

E o ponto alto, a Escadaria dos Gigantes (Giant's Caseway). 
Aí eu começo a fazer as contas, colocar os custos totais da viagem nas minhas planilhas de controle e começo a pensar em ir para a Ásia novamente, ou voltar para a Europa, ou fazer a travessia do Egito, Jordânia e Israel... Difícil essa vida de planejador de viagens.

11 comentários:

  1. Leo, talvez vcs nao devessem mesmo ir pra America do Sul. Sinceramente, não sei se o que vcs iram conhecer por aquis eja mais lindo do que já viram por aí. A vista do trem entre Cusco e Machu Picchu é massa, mas não é mais bonita que essas aí da Noruega.
    Sei lá... Gastar a maior grana e não ficar satisfeito é foda. Mas a culpa é de vocês, que elevaram MUITO a barra :-)
    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas viajar é tão bom :D
      Mas acho que Machu Picchu, o Salar de Uyuni e o deserto do Atacama vão ser muito legais, muito bonitos e diferentes de muita coisa que vimos. Que vai se caro vai.
      Minha maior dúvida mesmo é em relação ao sul do Chile e da Argentina. A gente já esteve em Bariloche. E em relação a Patagônia e a Terra do Fogo, vimos muita coisa parecida, inclusive caminhamos em cima de um glaciar, na Nova Zelândia. Aí sim fico com medo de ser mais do mesmo.
      Confesso que o que anda mais me atraindo é o passeio de barco de 4 dias e 3 noites de Punta Arenas para Ushuaia. Mas o preço é muito salgado. Parece que é coisa de 1500 dólares para cima por pessoa.
      Outra opção é ir para o norte. Parece que no Peru mesmo tem uma região de lagos bonita, o Parque Nacional de Huascarán. O mesmo no Equador. Dizem que tem parques lindos e por custos ainda bem em conta.
      Enquanto isso, voltar a focar nos estudos. A paradinha para pesquisar destinos serve para entusiasmar durante as matérias de direito constitucional e administrativo.
      Beijos,

      Excluir
  2. Ta aí uma pergunta que eu tbm não sei a resposta. Queria muito conhecer Peru e Colômbia, mas ir pra lá em quase mais caro que pra atravessar o oceano.
    Tanto em passeios quanto em passagens e no próprio BR mesmo. Subir no cristo redentor por exemplo, caríssimo. Os passeios em Bonito, caros caros.. :/
    Maíra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até que passagens para ir são mais em conta. Principalmente olhando passagens que cheguem em uma cidade e voltem por outra. BH para Lima e depois Santiago para BH tem preço bem mais em conta que uma ida e volta para Lima. Já BH para Bogotá e com volta de Lima já achei por 1500 reais. Uma ida e volta em setembro de BH para Lima custa uns 2.000 reais . Inclusive, já achei por menos que isso a opção de fazer BH Lima, depois Lima Cusco e para terminar Santiago BH por menos que a ida de volta para Lima. Coisas de cia aérea.

      Atrações aqui são caras mesmo. Lembro quando estivemos no Rio. O real estava bem mais valorizado na época. Mas se não me engano subir no Pão de Açúcar custou o equivalente a 25 euros. Hoje parece que está o equivalente em 18.
      Caro mas muito top. É um destino fantástico de lindo.

      Cristo nunca subimos. É caro também?

      Acho que um diferencial é que nos demais destino do mundo existem muito mais turistas. Dá para o pessoal ganhar na quantidade. Aqui acho que além de não termos tantos turistas, a competição não é tão grande. Fora a vontade, até certo ponto explicável, que o empresário por aqui tem de querer o retorno do investimento em menos tempo.

      Excluir
    2. Oi, Leo! Bom, discordo parcialmente de suas opiniões: isso porque sempre acho tudo caro,rs, mas não desvalorizaria as belezas da América do Sul em detrimento de outros passeios igualmente lindos por causa do preço. Fui pra Machu Picchu há 4 anos, me deslumbrei, acho que é caro sim, mas é um sítio arqueológico muito antigo e de difícil acesso, e por ser um país pobre, acho que justifica ainda mais a cobrança mais cara do que um país como a Noruega, que não necessita tanto disso pra viver. Enfim, pontos de vista diferentes. Também fui pro Atacama, Patagônia, e valeu cada centavo por tantos lugares estraordinários que passei, e olha que nem acho que gastei tanto assim, sou mochileira. Lugares remotos, de difícil acesso, são sempre caros de visitar. O Atacama também foi uma viagem transformadora pra mim, ver toda aquela imensidão do deserto mexeu demais comigo. Acho que muitas pessoas vão pros EUA, gastam os tubos em parques e muambas, voltam felizes e achando tudo batatinho, mas na hora de valorizar destinos inesquecíveis mas que não oferecem ganhos materiais, acham absurdo e caro demais.
      Enfim, sei que não é o caso de vocês, mas não desiste não, pensa com carinho, são lugares únicos, especiais, e sempre tem jeito de economizar. fui pra Noronha ano passado, realização de um sonho, e gastando menos de 2500, com tudo, até mergulho, bem acessível. Me falavam que era uma fortuna, mas persisti e consegui fazer tudo com muito planejamento, gastando pouco.
      Boa sorte na estrada!

      Excluir
    3. Corrigindo: extraordinários, desculpe o erro!

      Excluir
    4. Karol, eu ando achando tudo muito caro por essas bandas. Principalmente comparado com a Ex-Iugoslávia e o Sudeste Asiático, onde existem países bem pobres mas com boa infra para turista e super baratos. Inclusive, esses países estão preparados para atender todos os bolsos de turistas, dos mais ricos aos meus econômicos. .
      Não vamos desistir de viajar por aqui não. Quero muito fazer o trio Machu Picchu, Salar de Uyuni e Atacama. A dúvida maior agora é se continuamos viagem para o sul do Chile e Argentina ou não. Por mais bonito que eu ando achando ao fazer as pesquisas, a dúvida é se vale o custo comparado com o que já vimos, se não vai ser mais do mesmo.
      Agora, tem gosto para tudo né? Mas eu também não troco um destino lindão e destinos cheio de história e cultura por passeios de compras nos Estados Unidos.

      Excluir
  3. Leo,
    Dê uma chance à Patagônia. El Calafate tem o Perito Moreno - o glaciar mais lindo, espetaculoso, escalafobético que eu já (e eu já vi muito glaciar). A vista é de arrepiar - não repitam a caminhada se não quiserem (beeem carinha, e bem perigosa), mas a visão do glaciar é imperdível por conta do ângulo, de ficar bem de frente com o bichão, e pq fica caindo pedaço o tempo todo.
    Torres del Paine é outro lugar lindo de morrer. E eu gostei muito da região dos lagos. Chooooove muito, mas é paisagem nível norueguês com preços (ainda) menos ruins. No viajenaviagem.com tem o esquema de fazer a travessia dos lagos de ônibus, bem mais em conta que o cruce de lagos, outro que tem que deixar um olho pra fazer.
    Fora que tem Panamá, Equador, Costa Rica... supostamente ótimos destinos menos caros (mas tudo baseado em natureza - se vcs querem coisa antiga, só tem Machu Picchu e pirâmides do México pra vcs nas Américas ;)
    Canadá é outro lindo, e tem pedaços dos EUA muito legais que vcs ainda não fizeram (tem promoções lindas de vôo pros EUA atualmente). Ai, que eu quero viajaaaaaaaaaar!!
    Beijo e até semana que vem,
    Dani

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, o problema da Patagônia, do Canadá e dos parques americanos é que dão a sensação de mais do mesmo. Será que é tão diferente do que vimos na Nova Zelândia, na ex-Iugoslávia e Islândia?
      A travessia de ônibus do Chile para a Argentina na região dos lagos parece não compensar agora. Algo sobre um vulcão em erupção, para variar :D
      E a viagem de vocês tá chegando. Falta pouco!
      Beijos,

      Excluir
  4. Olá Léo, nossa que sorte encontrar seu blog! Tá demais! Gostaria que me ajudasse no meu roteiro. Estou meio perdida ainda. Vou para Paris em Novembro, entrada e saída por Paris. No inicio iria fazer só Paris e Londres. Resolvi fazer Reino Unido. Qual melhor roteiro para fazer Paris/Londres/Edimburg/Belfast/Dublin e voltar para Paris. Qto aos dias depois eu decido, mas qual melhor trajeto?? Espero que me dê algumas sugestões. Estou ansiosamente no aguardo de uma resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meire, me escreva no meu e-mail, leonardo.carnaval@gmail.com que fica mais fácil de te responder.
      Abraços,

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...