Menu

terça-feira, 19 de maio de 2015

Saudades da China ou como viajar pela América do Sul custa caro

Olha, tem dado saudades da China ultimamente. Isso porque ando pesquisando onde ir, quando ir, onde ficar e o que fazer em nossa possível viagem pela América do Sul.

Nossa viagem pela China foi ótima, e para lá de barata. Estadias legais e em conta e o mais interessante: as atrações são uma barganha.

Pequim nos surpreendeu positivamente. 
Confesso que estou assustado com o preço para visitar Machu Picchu e com os valores dos pacotes para passear pelo Salar de Uyuni, pelo deserto do Atacama. Tudo custa caro.


Você começa a pesquisar o Peru e descobre que só o trem para ir e voltar de Machu Picchu está custando, com muita pesquisa de dias e horários, uns 480 reais por pessoa. Mais caro que a soma dos preços das passagens do trem com cama de Pequim para Xi An (11 horas e 15 minutos de viagem por 215 reais) e do trem-bala de Quioto para Tóquio (235 reais). E olha que o trem-bala é no Japão, onde teoricamente as coisas não são baratas!

Ingresso para visitar Machu Picchu: 123 reais. Isso a entrada mais básica! Quem quiser visitar outras partes do complexo tem de desembolsar mais uns dinheiros.

Na China, visitar a Cidade Proibida custou 15 reais por pessoa. As muralhas? 20 reais. Contando a passagem de trem para ir e voltar! Palácio de verão? 20 reais. Templo do Céu? 12 reais. Templo Lama? 9,50 reais. Ou seja, Pequim é barata e não é pouco não.

A atração mais cara da nossa viagem à China foram os Guerreiros de Terracota: 65 reais por pessoa. Incluindo o custo do ônibus de ida e volta de Xi An para lá!

Só sei que está dando uma vontade de voltar para a China... Pena ser tão longe.





Único problema: poluição. Mas pagar 15 reais para visitar a Cidade Proibida é uma barganha, né?

12 reais para visitar o parque onde fica o Templo do Céu em Pequim. 
Visitar o complexo olímpico, sem entrar nos prédios, é de graça. 
Ingressos mais transporte de ida e volta: 20 reais para a Grande Muralha.
Fomos por conta própria, bem cedo. Estávamos praticamente a sós. 
Fantástica a visita aos Guerreiros de Terracota.
O ingresso dá direito a tudo: todos às escavações e ao museu. 

9 comentários:

  1. Será que o aumento do dólar/ desvalorização do real não influenciou? Afinal o real caiu muito. Ou é porque as coisas são mais caras mesmo? Voar na América do Sul eu sei que é bem mais caro mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, influencia um pouco. Mas a entrada da Cidade Proibida custou na época 40 Yuan. Hoje daria 19,50 reais. 30% mais caro. Mas mesmo assim muito barato se pensarmos no nível da atração.

      Excluir
  2. Aproveitem! http://www.melhoresdestinos.com.br/passagens-promocao-china-pequim.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem dera. Mas para quem poder ir, recomendo e muito. Acho que a China foi um dos melhores destinos de todos os tempos. Acho que vou até fazer um post sobre nossos países preferidos de todos os tempos e viagens.

      Excluir
  3. Olá
    Estou contente de estarem a planear mais viagens, vou sempre acompanhando o blog.

    Acho a ideia do post com paises preferidos muito boa.

    um abraço
    Sonia Ramos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Sônia. Estou terminando minha lista. Mas é tão difícil. Visitamos vários lugares sensacionais.
      Abraços,

      Excluir
  4. Leo, eu sei que Machu Picchu parece ser muito caro, porém, é um sítio arqueológico bastante visitado e por conta das visitas seriamente ameaçado. Com o preço alto já é inundado de turistas, imagine se não fosse. Quanto ao passeio Salar Uyuni - San Pedro eu me lembro de ter pago 220 dólares por 3 noites, transporte e alimentação... Obviamente, as condições dos locais de hospedagem e tb da alimentação não eram nada luxuosas. Porém para 73 dólares por dia estava muito bom (você somente paga mais alguma taxa, mas nada caro, fora isso não tem muito nem com o que gastar). Lógico que a percepção de caro e barato é muito subjetiva, mas tendo em vista os preços das coisas aqui no Brasil e mesmo em outras localidades do Chile, achei o valor do passeio razoável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávia, o preço do Salar está muito bom realmente. Concordo demais com você. 73 dólares por dia incluindo transporte, refeição e estadia, por simples que os dois últimos sejam é bem em conta. Aproveitando, por qual empresa você fez o passeio no salar? E recomenda a empresa?
      Abraços,

      Excluir
    2. Fui com essa agência: http://www.cordilleratraveller.com/
      Quando estava para contratar li coisas boas e ruins dela, mas estando no Salar e vendo as outras me pareceu que elas eram uma das melhores. Havia 4 carros juntos e qualquer problema que acontecesse com um, havia um apoio do outro. Eu recomendo porque foi tudo bem tranquilo comigo. Mas não tem nenhum tipo de luxo mesmo... super simples.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...