Menu

terça-feira, 17 de maio de 2016

Eslovênia: custos e impressões

Quanto tempo ficamos: 11 noites. 7 em Ljubljana e 4 em Maribor
Média hospedagem: 21,72 euros por pessoa/dia
Média alimentação: 6,22 euros por pessoa/dia
Média atrações: 6,52 euros por pessoa/dia
Média transporte urbano:  0! euros por pessoa/dia

De onde e como viemos: Viemos de Zagreb, na Croácia, para Ljubljana, a capital da Eslovênia.

Viajamos de trem entre as das capitais, Zagreb e Ljubljana. Fácil, confortável, rápido e com estações supercentrais. Fomos a pé do apartamento de Zagreb para a estação na Croácia e, já em Ljubljana, fomos a pé para o apartamento alugado no nosso primeiro destino na Eslovênia.

Bled disputa com Ohrid o título de lago mais lindo da viagem.
A viagem de trem foi dentro dos padrões europeus, tranquila e sem sobressaltos. 

Procedimento de fronteira: controle de passaporte demorado e uma super revista no trem pela polícia da Eslovênia. Fora o tempo gasto, nada demais a relatar. Lud, com passaporte português, nem é incomodada. Eu, com meu passaporte brasileiro, sou submetido à conferida foto-pessoa pelos fiscais. 

Duração: 2 horas e 35 minutos de trem.

Hospedagem Ljubljana: apartamento Airbnb. 42 euros por dia.

Hospedagem Maribor: apartamento Airbnb. 46 euros por dia.

Informações das hospedagens aqui.

Para onde e como fomos: fomos de trem de Maribor para Graz na Áustria.

Procedimento de fronteira: Que fronteira? Nem vimos quando deixamos um país e entramos no outro.


Língua e comunicação: oficialmente é a língua eslovena. Na prática falamos o tempo todo em inglês. Super fácil. Em todas as cidades, transportes, restaurantes, lojas e demais locais conseguimos  nos comunicar em inglês.

Custo total: 42,80 euros por pessoa/dia. Olha, os preços subiram bem em relação aos últimos países que visitamos. Mas a qualidade de tudo também foi lá para a estratosfera. Eslovênia é quase uma Suíça. Tão linda quanto, se bobear ainda mais porque também tem mar, e bem mais em conta.

Transportes: perfeito, organizado, fácil - dá para descobrir tudo na internet. Conforto e qualidade para lá de bons. Não usamos transportes públicos nas cidades, só para nos locomover entre elas. Mas ponho a mão no fogo que são bons também. Também não usamos táxi.


O país é bem pequeno. E tem coisas lindas em todas as regiões. 



Índice LudLeo de facilidade de viajar por conta própria: 9.5/10

Voltaríamos? O que falar de um país que tem amor no nome (sLOVEnia)? Não dá para não se apaixonar por ele. Fora que gostaríamos de ver o lago Bled congelado, e explorar mais os Alpes da Eslovênia.

Recomendado para: todo mundo que gosta de viajar. E até para quem não gosta.

Impressões: gostamos com força da Eslovênia. Dos países que compunham a ex-Iugoslávia é sem dúvida o mais rico, moderno e ocidentalizado.

Foram 11 noites e 5 cidades. Pouco e muito rápido. Mas deu para nos apaixonarmos pela linda capital, Ljubljana, e pelo resto do país. Organizado, limpo, seguro, bonito e com pessoas bem simpáticas. E um plus para nós, turistas: inglês muito falado pela população.

Gostamos de todos os lugares que visitamos. Cada um mais lindo que o outro. Ljubljana é uma pequena joia. Os passeios que fizemos de apenas um dia para Piran e Ptuj foram mais que aprovados. Maribor foi um ótimo destino para relaxar, curtir uma cidade do interior, colocar o blog em dia, curtir o sol, tomar sorvete, ir ao cinema, fazer compras de coisas que precisávamos. E além disso tudo, ainda teve Bled. Bled é um destino que não dá para descrever. A pessoa tem que ver para entender. 

2 comentários:

  1. muito bom!!!! obrigada por compartilhar com a gente essas informações!!!!

    Dani

    ResponderExcluir
  2. A Slovenia é mesmo fantástica! Para mim, além de tudo que você disse, ainda tem o fato de termos amigos eslovenos de longas datas. Muitas das melhores recordações de viagens que temos aconteceram lá. E quanto ao transporte público, eu usei e posso garantir: é perfeito. Pontual, organizado, limpo, civilizado. Um lugar para se voltar sempre.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...