Menu

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

O dilema das próximas férias

Em fevereiro do ano que vem, finalmente o Leo terá férias e poderemos viajar, depois de quase dois anos pianinho. Estamos animados com a perspectiva, mas enfrentando algumas dificuldades inesperadas.

A primeira é a nossa principal regra de viagem, "Não repetirás destinos". Quando a gente vai a um lugar muito legal (e que lugar não é muito legal?), ficamos com vontade de voltar. Por isso criamos essa lei: para nos obrigarmos a conhecer países diferentes. O problema é que, hoje em dia, o número de países que a gente conhece é razoavelmente alto, o que elimina um monte de destinos ótimos. 

A outra dificuldade é a questão da oportunidade. Esperamos morar na Ásia, na África e na Europa, e provavelmente também vamos passar pela América do Norte. Então, visitar essas regiões depois, quando estivermos mais perto, está nos parecendo muito mais fácil e barato. 

Um terceiro problema é que, tendo nos acostumado a viajar com calma, com tempo de sobra para explorar as cidades e as atrações, estamos achando que qualquer ritmo que não seja o "muito lento" vai nos deixar com a sensação de correria. Ao mesmo tempo, um ritmo muito lento vai nos permitir visitar muito poucos destinos, porque agora só temos 30 dias de férias, como todo mundo! 

No fim das contas, estamos pensando em lugares que ficam fora de mão sempre, não importa onde estivermos morando, como a Antártica e o Havaí. Terceira opção: América Latina.

Um é frio e molhado

O outro também é molhado. Só que é quente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...